Documentation for a newer release is available. View Latest

DNF

DNF é o gerenciador de pacotes do The Fedora Project capaz de consultar informações sobre pacotes, obter pacotes de repositórios, instalar e desinstalar pacotes usando resolução automática de dependências, e atualizar todo o sistema para os pacotes mais recentes disponíveis. O DNF realiza resolução automática de dependências nos pacotes que você está atualizando, instalando ou removendo, e, portanto, é capaz de determinar, obter e instalar automaticamente todos os pacotes dependentes disponíveis. O DNF pode ser configurado com novos repositórios adicionais, ou fontes de pacotes, e também fornece muitos plug-ins que aprimoram e estendem suas capacidades. O DNF é capaz de realizar muitas das mesmas tarefas que o RPM pode; além disso, muitas das opções de linha de comando são semelhantes. O DNF permite o gerenciamento fácil e simples de pacotes em uma única máquina ou em grupos delas.

Gerenciamento seguro de pacotes com pacotes assinados por GPG

DNF provê um controle de pacote seguro pela ativação da verificação de assinatura GPG (Proteção de Privacidade Gnu; também conhecido como GnuGP) nos pacotes GPG assinado se tornando para todos os repositórios de pacotes (fontes de pacotes), ou para repositórios individuais. Quando a assinatura de verificação está ativada, o DNF recusará a instalação de qualquer pacote sem a assinatura GPG com a chave correta para esse repositório. Isso significa que você pode confiar que os pacotes RPM que você baixa e instala no seu sistema são de fontes confiáveis, assim como The Fedora Project e antes não era modificado durante a transferência. Veja Configuring DNF and DNF Repositories para detalhes da ativação da checagem de assinatura com o DNF, ou Checking Package Signatures para mais informações de como funciona com a verificação de assinatura GPG RPM pacotes de geral.

O DNF também permite configurar facilmente seus próprios repositórios de pacotes RPM para download e instalação em outras máquinas.

Aprender o DNF é um investimento que vale a pena, pois frequentemente é a forma mais rápida de realizar tarefas de administração do sistema e oferece capacidades além das fornecidas pelas ferramentas gráficas de gerenciamento de pacotes do PackageKit.

DNF e privilégios de superusuário

Você precisa ter privilégios de superusuário para usar o comando dnf para instalar, atualizar ou remover pacotes no seu sistema. Todos os exemplos neste capítulo pressupõem que você já obteve privilégios de superusuário usando o comando su ou sudo.

Verificando e Atualizando Pacotes

Verificando por Atualizações

A maneira mais rápida para atualizar é tentando instalar qualquer atualização disponível usando o comando [command]#dnf da seguinte maneira:

~]# dnf upgrade
Última checagem de metadados expirados 1:24:32 atrás na quinta-feira Maio 14 23:23:51 2015
Dependências resolvidas
Nada para fazer.
Completo!

Note que o dnf upgrade instala apenas as atualizações que podem ser instaladas. Se um pacote não puder ser atualizado, por problemas de dependência, por exemplo, ele será ignorado.

O comando dnf check-update pode ser usado para ver quais pacotes instalados no seu sistema possuem novas versões disponíveis, no entanto, isso não significa que eles podem ser instalados com sucesso. Portanto, esse comando é principalmente útil em scripts e para verificar pacotes atualizados que não foram instalados após executar dnf upgrade.

Por exemplo:

~]# dnf check-update
Using metadata from Mon Apr 20 16:34:10 2015 (2:42:10 hours old)

python.x86_64                     2.7.9-6.fc22          updates
python-cryptography.x86_64        0.8.2-1.fc22          updates
python-libs.x86_64                2.7.9-6.fc22          updates

Os pacotes na saída acima estão listados como tendo versões atualizadas. A linha no exemplo de saída nos diz:

  • python — o nome do pacote,

  • x86_64 — a arquitetura da CPU para a qual o pacote foi construído,

  • 2.7.9 — a versão do pacote atualizado,

  • 6.fc22 — a versão do pacote atualizado,

  • updates-testing — o repositório no qual o pacote atualizado esta alocado.

Atualizando Pacotes

Você pode escolher atualizar o único pacote, múltiplos pacotes, ou todos os pacotes de uma vez. Se qualquer dependência do pacote, ou pacotes, você pode atualizar havendo atualizações disponíveis para eles, então eles são atualizados também.

Atualizar um Único Pacote

Para atualizar um único pacote, execute o seguinte comando como root:

dnf upgrade package_name

Para exemplo de como atualizar pacotes python, digite:

~]# dnf upgrade python
Using metadata from Mon Apr 20 16:38:16 2015 (2:42:14 hours old)
Dependencies resolved.
==================================================================
 Package       Arch       Version       Repository       Size
==================================================================
Upgrading:
 python        x86_64     2.7.9-6.fc22  updates           92 k
 python-libs   x86_64     2.7.9-6.fc22  updates          5.8 M

Transaction Summary
==================================================================
Upgrade  2 Packages

Volume total de download: 5.9 M
Isso está certo [y/N]:

Essa saída contém:

  1. python.x86_64 — você pode baixar a instalar um novo pacote python.

  2. python-libs.x86_64 — DNF resolveu o pacote python-libs-2.7.9-6.fc22.x86_64 e sua dependência requerida pelo pacote python.

  3. O DNF apresenta informação de atualização e então exibe para você como quer que será realizada a atualização; DNF executa interativamente por padrão. Se você já sabe qual transação DNF planeja realizar, você pode usar a opção -y para automaticamente responder yes para qualquer questões do DNF (em qual caso executa sem interatividade). No entanto, você deve sempre examinar quais alterações DNF planeja fazer para o sistema, então você pode facilmente realizar um troubleshoot em qualquer problema que possa surgir.

    Se a transação da errado, você pode ver o histórico de transição do DNF usando o comando dnf history descrito no Working with Transaction History.

Atualizando e instalando kernels com o DNF

DNF sempre instala um novo kernel no mesmo sentido que RPM instala um novo kernel quando você usa o comando rpm -i kernel. Por isso, você não precisa se preocupar com a distinção entre instalando e upgrading um pacote do kernel quando você usa o comando: dnf fará a coisa certa, apesar se você está usando o comando: dnf upgrade ou dnf install.

Quando usando o RPM, por outro lado, é importante utilizar o comando rpm -i kernel (que instala a novo kernel) invés de rpm -u kernel (que substitui o kernel atual). Veja Installing and Upgrading Packages para mais informações sobre a instalação e atualização do kernel com RPM.

Atualizando Todos os Pacotes e Suas Dependências

Para atualizar todos os pacotes e suas dependências, enter sem nenhum argumento: dnf upgrade

dnf upgrade

Preservando Alterações no Arquivo de Configuração

Você vai inevitavelmente fazer alterações no arquivo de configuração instalado por pacotes conforme você utiliza o sistema Fedora. RPM, que o DNF utiliza para realizar alterações no sistema, provê um mecanismo para garantir sua integridade. Veja Installing and Upgrading Packages para detalhes de como gerenciar alterações nos arquivos de configuração e em todos os pacotes de upgrade.

Pacotes e Grupos de Pacote

Pesquisando Pacotes

Você pode pesquisar todos os pacotes RPM e sumarizar usando o seguinte comando:

dnf search term

Adicione all para corresponder contra descrições e URLs.

dnf search all term

Esse comando exibe uma lista de cada termo que combina. Por exemplo, para listar todos os pacotes com combina "meld" ou "kompare", digite:

~]# dnf search meld kompare
Loaded plugins: langpacks, presto, refresh-packagekit
============================ N/S Matched: meld ===============================
meld.noarch : Visual diff and merge tool
python-meld3.x86_64 : HTML/XML templating system for Python

=========================== N/S Matched: kompare =============================
komparator.x86_64 : Kompare and merge two folders

  Name and summary matches only, use "search all" for everything.

Listando Pacotes

dnf list e comandos relacionados provê informação sobre pacotes, grupos de pacote, e repositórios.

Toda a lista de comandos DNF’s permitidos você pode filtrar os resultados adicionando um ou mais glob expressions como argumentos. Expressões glob são um trechos normais de caracteres que contém um ou mais caracteres curinga * (que expande para combinar caracteres múltiplas vezes) e ? (que expande para combinar com qualquer caracteres).

Filtrando resultados com expressões glob

Seja cuidadoso para escapar das expressões glob quando passar os argumentos para o comando dnf, do contrário o shell Bash irá interpretar essas expressões como pathname expansions, e uma passe em potencial todos os arquivos no diretório atual que combina o glob com DNF. Para ter certeza que as expressões glob foram passadas para o DNF de fato, ou não:

  • Escape dos caracteres curinga presidindo eles com o caracteres de barra invertida; ou,

  • aspas duplas ou aspas simples uma expressão glob completa.

DNF apenas pesquisa nomes de pacotes quando está usando expressões glob. Para pesquisar por uma versão de pacote, inclua o dash e parte do número de versão dessa forma:

~]# dnf search kernel*-4*
Last metadata expiration check performed 2:46:09 ago on Thu May 14 23:23:51 2015.
Installed Packages
kernel.x86_64                        4.0.0-1.fc22                     @System
kernel.x86_64                        4.0.2-300.fc22                   @System
kernel-core.x86_64                   4.0.0-1.fc22                     @System
kernel-core.x86_64                   4.0.2-300.fc22                   @System
[output truncated]
dnf list glob_expression

Listas de informação sobre pacotes instalados e disponíveis combinando todas as expressões glob.

Exemplo 1. Listando todos os complementos e plug-ins ABRT usando expressões glob

Pacotes com vários complementos e plug-ins ABRT não começa com "abrt-addon-", ou "abrt-plugin-". Para listar esses pacotes, digite o seguinte no prompt shell:

~]# dnf list abrt-addon\* abrt-plugin\*
Last metadata expiration check performed 0:14:36 ago on Mon May 25 23:38:13 2015.
Installed Packages
abrt-addon-ccpp.x86_64                  2.5.1-2.fc22               @System
abrt-addon-coredump-helper.x86_64       2.5.1-2.fc22               @System
abrt-addon-kerneloops.x86_64            2.5.1-2.fc22               @System
abrt-addon-pstoreoops.x86_64            2.5.1-2.fc22               @System
abrt-addon-python.x86_64                2.5.1-2.fc22               @System
abrt-addon-python3.x86_64               2.5.1-2.fc22               @System
abrt-addon-vmcore.x86_64                2.5.1-2.fc22               @System
abrt-addon-xorg.x86_64                  2.5.1-2.fc22               @System
abrt-plugin-bodhi.x86_64                2.5.1-2.fc22               @System
Available Packages
abrt-addon-upload-watch.x86_64          2.5.1-2.fc22               fedora
dnf list all

Listar todos os pacotes instalados e disponíveis.

Exemplo 2. Listando todos os pacotes instalados e disponíveis
~]# dnf list all
Last metadata expiration check performed 0:21:11 ago on Mon May 25 23:38:13 2015.
Installed Packages
NetworkManager.x86_64                   1:1.0.2-1.fc22             @System
NetworkManager-libnm.x86_64             1:1.0.2-1.fc22             @System
PackageKit.x86_64                       1.0.6-4.fc22               @System
PackageKit-glib.x86_64                  1.0.6-4.fc22               @System
aajohan-comfortaa-fonts.noarch          2.004-4.fc22               @System
abrt.x86_64                             2.5.1-2.fc22               @System
[output truncated]
· · · · · · · · · · · · · · · · · · · · · · dnf list installed

Para listar todos os pacotes instalados no seu sistema. A coluna mais a direita na lista de saída é o repositório de cada pacote que foi recuperado.

Exemplo 3. Listando os pacote instalados usando uma expressão glob de aspas duplas

Para listar todos os pacotes instalados que começam com "krb" seguindo por exatos uma caractere e um hífen, digite:

~]# dnf list installed "krb?-*"
Last metadata expiration check performed 0:34:45 ago on Mon May 25 23:38:13 2015.
Installed Packages
krb5-libs.x86_64                        1.13.1-3.fc22              @System
krb5-workstation.x86_64                 1.13.1-3.fc22              @System
dnf list available

Lista de todos os pacotes disponíveis em todos os repositórios habilitados.

Exemplo 4. Listando pacotes disponíveis usando uma única expressão glob com escape de caracteres curinga

Para listar todos os pacotes disponíveis que contém "gstreamer" e em seguida "plugin", execute o seguinte comando:

~]# dnf list available gstreamer\*plugin\*
Last metadata expiration check performed 0:42:15 ago on Mon May 25 23:38:13 2015.
Available Packages
gstreamer-plugin-crystalhd.i686              3.10.0-8.fc22          fedora
gstreamer-plugin-crystalhd.x86_64            3.10.0-8.fc22          fedora
gstreamer-plugins-bad-free.i686              0.10.23-24.fc22        fedora
gstreamer-plugins-bad-free.x86_64            0.10.23-24.fc22        fedora
gstreamer-plugins-bad-free-devel.i686        0.10.23-24.fc22        fedora
gstreamer-plugins-bad-free-devel.x86_64      0.10.23-24.fc22        fedora
 [output truncated]
· · · · · · · · · · · · · · · · · · · · · · dnf group list

Listar todos os grupos de pacote.

Exemplo 5. Listando todos os grupos de pacote
~]# dnf group list
Loaded plugins: langpacks, presto, refresh-packagekit
Setting up Group Process
Installed Groups:
   Administration Tools
   Design Suite
   Dial-up Networking Support
   Fonts
   GNOME Desktop Environment
[output truncated]
· · · · · · · · · · · · · · · · · · · · · · dnf repolist

Listar o ID de repositório, nome, e número dos pacotes que provê cada repositório ativado.

Exemplo 6. Listando repositórios ativados
~]# dnf repolist
Last metadata expiration check performed 0:48:29 ago on Mon May 25 23:38:13 2015.
repo id                             repo name                           status
*fedora                             Fedora 22 - x86_64                  44,762
*updates                            Fedora 22 - x86_64 - Updates             0
· · · · · · · · · · · · · · · · · · · · · · dnf repository-packages repo_id list

Listar pacotes de um repositório especificado.

Exemplo 7. Listando pacotes de um único repositório
~]# dnf repository-packages fedora list [option]
Last metadata expiration check performed 1:38:25 ago on Wed May 20 22:16:16 2015.
Installed Packages
PackageKit.x86_64                        1.0.6-3.fc22                    @System
PackageKit-glib.x86_64                   1.0.6-3.fc22                    @System
aajohan-comfortaa-fonts.noarch           2.004-4.fc22                    @System
[output truncated]

A ação padrão é listar todos os pacotes disponíveis e instalados de um repositório especificado. Adicione a opção available ou installed para listar somente os pacotes disponíveis ou instalados de um repositório especificado.

Exibindo Informação de Pacote

Para exibir informação sobre um ou mais pacotes, use o comando da seguinte maneira:

dnf info package_name

Por exemplo, para exibir informação sobre o pacote abrt, digite:

~]# dnf info abrt
Last metadata expiration check: 1:09:44 ago on Tue May 31 06:51:51 2016.
Installed Packages
Name        : abrt
Arch        : x86_64
Epoch       : 0
Version     : 2.8.1
Release     : 1.fc24
Size        : 2.2 M
Repo        : @System
From repo   : updates-testing
Summary     : Automatic bug detection and reporting tool
URL         : https://abrt.readthedocs.org/
License     : GPLv2+
Description : abrt is a tool to help users to detect defects in applications and
            : to create a bug report with all information needed by maintainer to fix it.
            : It uses plugin system to extend its functionality.

O comando dnf info package_name é similar ao comando rpm -q --info package_name, mas provê informação adicional, o nome do repositório DNF do pacote RPM que foi instalado (olhe para From repo: na linha de saída). O comando dnf info exibe somente os pacotes disponíveis mais recentes se houver uma nova versão disponível de uma ja instalada. O comando dnf repoquery pode exibir todos os pacotes instalados e disponíveis.

Para exibir informação sobre todos os pacotes disponíveis, ambos instalados e disponíveis de um repositório, use o o comando da seguinte maneira:

dnf repoquery package_name --info

Por exemplo, para exibir informação sobre o pacote abrt, digite:

~]# dnf repoquery abrt  --info
Last metadata expiration check: 1:01:44 ago on Tue May 31 06:51:51 2016.
Name        : abrt
Version     : 2.8.1
Release     : 1.fc24
Architecture: x86_64
Size        : 2318452
License     : GPLv2+
Source RPM  : abrt-2.8.1-1.fc24.src.rpm
Build Date  : 2016-05-25 08:54
Packager    : Fedora Project
URL         : https://abrt.readthedocs.org/
Summary     : Automatic bug detection and reporting tool
Description :
abrt is a tool to help users to detect defects in applications and
to create a bug report with all information needed by maintainer to fix it.
It uses plugin system to extend its functionality.

Veja a instrução de uso do dnf repoquery para mais opções:

~]$ dnf repoquery -h
usage: dnf [options] COMMAND
output truncated

Instalando Pacotes

DNF permite você de instalar ambos, um único pacote e múltiplos pacotes, assim como um grupo de pacote de sua escolha.

Instalando Pacotes Individuais

Para instalar um único pacote e todas as suas dependências não instaladas, entre com o comando da seguinte forma:

dnf install package_name

Você também pode instalar múltiplos pacotes simultaneamente inserindo seu nome como argumentos:

dnf install package_name package_name

Se você está instalando pacotes em um sistema multilib, assim como máquinas AMD64 ou Intel64, você pode especificar a arquitetura do pacote, assim que esteja disponível em um repositório ativado, por pacote com nome appending .arch. Por exemplo, para instalar o pacote sqlite2 para i586, digite:

~]# dnf install sqlite2.i586

Você pode utilizar e expressões glob para uma rápida instalação de múltiplos pacotes com nomes similares:

~]# dnf install audacious-plugins-\*

Em adicional para nomes de pacote e expressões glob, você pode também informar nomes de arquivos ao dnf install. Se você conhece o nome do binário que você quer instalar, mas se não sabe o nome do pacote, você pode inserir o nome do caminho ao dnf install:

~]# dnf install /usr/sbin/named

dnf pesquisa pela lista de pacotes, encontra o pacote que provê /usr/sbin/named, se encontra algum, exibe para você qual você quer instalar.

Encontre qual pacote pertence ao arquivo

Se você sabe e quer instalar o pacote que contém o binário named, mas você não sabe em qual diretório /usr/bin ou /usr/sbin o arquivo está instalado, use o comando dnf provides com uma glob expressão:

~]# dnf provides "*bin/named"
Using metadata from Thu Apr 16 13:41:45 2015 (4:23:50 hours old)
bind-32:9.10.2-1.fc22.x86_64 : The Berkeley Internet Name Domain (BIND) DNS (Domain Name System) server
Repo        : @System

dnf provides "*/file_name" encontrará todos os pacote que contém file_name.

Instalando um Grupo de Pacotes

Um grupo de pacote é similar a um pacote: isso não é útil por si só, mas pode estar instalando um conjunto de grupos de dependência de pacotes que servem a um propósito em comum. Um grupo de pacote possui um nome e um groupid (GID). O comando dnf group list -v lista os nomes de todos os grupos de pacote, e depois de cada um dele, há um um groupid em parênteses. O groupid é sempre o termo no último par de parênteses, assim como kde-desktop-environment, no exemplo a seguir:

~]# dnf -v group list kde\*
cachedir: /var/cache/dnf/x86_64/22
Loaded plugins: builddep, config-manager, copr, playground, debuginfo-install, download, generate_completion_cache, kickstart, needs-restarting, noroot, protected_packages, Query, reposync, langpacks
initialized Langpacks plugin
DNF version: 0.6.5
repo: using cache for: fedora
not found deltainfo for: Fedora 22 - x86_64
not found updateinfo for: Fedora 22 - x86_64
repo: using cache for: updates-testing
repo: using cache for: updates
not found updateinfo for: Fedora 22 - x86_64 - Updates
Using metadata from Thu Apr 16 13:41:45 2015 (4:37:51 hours old)
Available environment groups:
   KDE Plasma Workspaces (kde-desktop-environment)

Você pode instalar um grupo de pacote informando se nome de grupo completo (sem a parte do groupid) para group install:

dnf group install group_name

Nomes com múltiplas palavras devem estar entre aspas.

Você pode também instalar por groupid:

dnf group install groupid

Você pode até mesmo passar o groupid ou um nome entre aspas para o comando install, se você preceder com um @-symbol (que fala para o dnf que você quer realizar um group install):

dnf install @group

Por exemplo, o seguinte é uma alternativa, mas uma maneira equivalente para estar instalando o grupo KDE Plasma Workspaces:

~]# dnf group install "KDE Plasma Workspaces"
~]# dnf group install kde-desktop-environment
~]# dnf install @kde-desktop-environment

Removendo Pacotes

Similarmente a instalação de pacote, DNF permite você desinstalar (remover em RPM e terminologia DNF) ambos pacotes individualmente e um grupo de pacote.

Removendo Pacotes Individuais

Para desinstalar um pacote em particular, e também qualquer pacote que o dependa, execute o seguinte comando como 'root':

dnf remove package_name

Assim conforme você instala múltiplos pacotes, você pode remover várias de uma vez adicionando mais nomes de pacotes ao comando. Por exemplo, para remover totem, rhythmbox, e sound-juicer, digite o seguinte no terminal:

~]# dnf remove totem rhythmbox sound-juicer

Similar to install, remove can take these arguments:

  • nomes de pacote

  • expressões glob

  • listas de arquivos

  • fornece pacotes

Removendo um pacote quando outros pacotes o dependem

DNF is not able to remove a package without also removing packages which depend on it. This type of operation can only be performed by RPM, is not advised, and can potentially leave your system in a non-functioning state or cause applications to misbehave and terminate unexpectedly. For further information, refer to Uninstalling Packages in the RPM chapter.

Removendo um Grupo de Pacote

Você pode remover um grupo de pacotes usando sintaxe congruente com a sintaxe install:

dnf group remove group
dnf remove @group

O seguinte são alternativas mas maneiras equivalentes de remover o grupo KDE Plasma Workspaces:

~]# dnf group remove "KDE Plasma Workspaces"
~]# dnf group remove kde-desktop-environment
~]# dnf remove @kde-desktop-environment

Trabalhando com o Histórico de Transação

O comando dnf history permite usuários de rever informações sobre a linha de tempo de transações do DNF, os dados e tempos quando eles ocorreram, o número de pacotes afetados, se a transação foi bem sucedida ou foi abortada, e se o banco de dados do RPM foi alterado entre as transações. Adicionalmente, esse comando pode ser removido ou adicionado após certas transações.

Listando Transações

Para exibir uma lista de todas as transações como 'root' execute o dnf history sem argumentos adicionais, ou o seguinte comando:

dnf history list

Para exibir somente transações em um intervalo informado, use o comando da seguinte forma:

dnf history list start_id..end_id

Você pode também listar somente transações sobre um particular pacote ou pacotes. Para fazer, use o comando com nome de pacote ou uma expressão glob:

dnf history list glob_expression

Por exemplo, a lista das cinco primeiras transações pode parecer conforme o seguinte:

~]# dnf history list 1..4
Using metadata from Thu Apr 16 13:41:45 2015 (5:47:31 hours old)
ID     | Login user               | Date a | Action | Altere
-------------------------------------------------------------------------------
     · · · · · 4 | root <root> · · · · · · · · · · · · · | 2015-04-16 18:35 | Erase · · · · · · · · · | · · · 1
· · · · · 3 | root <root> · · · · · · · · · · · · · | 2015-04-16 18:34 | Install · · · · · · · | · · · 1
· · · · · 2 | root <root> · · · · · · · · · · · · · | 2015-04-16 17:53 | Install · · · · · · · | · · · 1
· · · · · 1 | System <unset> · · · · · · · · · · | 2015-04-16 14:14 | Install · · · · · · · | · · 668 E

O comando dnf history list produz uma saída tabular com cada linha consistindo das seguintes colunas:

  • ID — an integer value that identifies a particular transaction.

  • Login user — the name of the user whose login session was used to initiate a transaction. This information is typically presented in the Full Name <username> form, however sometimes the command used to perform the transaction is displayed. For transactions that were not issued by a user (such as an automatic system update), System <unset> is used instead.

  • Data e hora — a data e hora de quando a transação foi emitida.

  • Action(s) — a list of actions that were performed during a transaction as described in Possible values of the Action(s) field.

  • Altered — o número de pacotes que foram afetados por uma transação, possivelmente seguindo por informação adicional.

Tabela 1. Possible values of the Action(s) field

[options="header"]

Action

Abbreviation

Description

Downgrade

D

At least one package has been downgraded to an older version.

Erase

E

At least one package has been removed.

Install

I

At least one new package has been installed.

Obsoleting

O

At least one package has been marked as obsolete.

Reinstall

R

At least one package has been reinstalled.

Update

U

At least one package has been updated to a newer version.

Revertendo e Repetindo Transações

Separado por visualizando o histórico de transação, o comando dnf history provê método para reverter ou repetir uma transação selecionada. Para reverter a transação, digite o seguinte no terminal como root:

dnf history undo id

Para repetir uma transação em particular como 'root', execute o seguinte comando:

dnf history redo id

Ambos os comandos são aceitos ao palavra-chave 'last' para desfazer ou repetir a última transação.

Note que ambos comandos dnf history undo e dnf history redo meramente reverte ou repete os passos que foram realizados durante uma transação, e vai falhar se os pacotes requeridos não estão disponível. Por exemplo, se a transação instalou um novo pacote, o comando dnf history undo vai desinstalar e também tentativas para downgrade todos os pacotes atualizados para sua versão anterior, mas o comando vai falhar se os pacotes requeridos não estão disponíveis.

Configurando DNF e Repositórios DNF

O arquivo de configuração para o DNF e utilitários relacionados estão localizados em /etc/dnf/dnf.conf. Esse arquivo contêm uma seção mandatório [main], que permite você definir as opções do DNF que tem efeito global, e pode também conter um ou mais seções [repository], que permite você definir opções especificar de repositório. No entanto, é recomendado definir individualmente um novo ou existente arquivo .repo no diretório /etc/yum.repos.d/. Esses valores que você definiu individualmente [repository] nas seções do /etc/dnf/dnf.conf, o arquivo sobrepõe valores definidos na seção [main].

Essa seção mostra-o como:

  • defina opções globais do DNF editando as seções [main] do arquivo de configuração /etc/dnf/dnf.conf;

  • definir opções para repositórios indivual editando a seções [repository] no /etc/dnf/dnf.conf e arquivos .repo no diretório /etc/yum.repos.d/;

  • use variáveis DNF no /etc/dnf/dnf.conf e arquivos no diretório /etc/yum.repos.d/ para que essa versão dinâmica e valores de arquitetura seja lidada de forma correta;

  • adicionar, ativas, e desativar repositórios DNF na linha de comando; e,

  • defina seu próprio repositório DNF customizado.

Opções de Configuração [main]

options] O arquivo de configuração /etc/dnf/dnf.conf contêm exatamente uma seção [main], e enquanto alguns pares de valores chave nessa seção afeta como o dnf opera, outros afetam como o DNF tratam os repositórios.

Você pode adicionar muitas opções adicionais sobre o título da seção [main] no /etc/dnf/dnf.conf.

Um exemplo de arquivo de configuração /etc/dnf/dnf.conf pode ser visto desta forma:

[main]
gpgcheck=1
installonly_limit=3
clean_requirements_on_remove=true

Os seguinte são as opções normalmente usada na seção [main]:

debuglevel=value

…where value is an integer between 0 and 10. Setting a higher debuglevel value causes dnf to display more detailed debugging output. debuglevel=0 disables debugging output, and debuglevel=2 is the default.

exclude=package_name · more_package_names

Essa o0pção permite você para excluir pacotes pela palavra-chave durante a instalação e atualização. Listando múltiplos pacotes para exclusão que podem ser finalizada mencionando uma lista de espaço delimitados de pacotes. Glob shell utiliza caracteres curinga (por exemplo, * e ?) que são permitidos.

gpgcheck=value

…​onde value é um dos:

0 — Disable GPG signature-checking on packages in all repositories, including local package installation.

1 — Enable GPG signature-checking on all packages in all repositories, including local package installation. gpgcheck=1 is the default, and thus all packages' signatures are checked.

If this option is set in the [main] section of the /etc/dnf/dnf.conf file, it sets the GPG-checking rule for all repositories. However, you can also set gpgcheck=value for individual repositories instead; you can enable GPG-checking on one repository while disabling it on another. Setting gpgcheck=value for an individual repository in its corresponding .repo file overrides the default if it is present in /etc/dnf/dnf.conf.

For more information on GPG signature-checking, refer to Checking Package Signatures.

installonlypkgs=space separated list of packages

Aqui você pode fornecer uma lista de espaço separado de pacotes que o dnf pode install, mas nunca vai update. Veja a página do manual dnf.conf(5) para uma lista de pacotes que somente instala por padrão.

If you add the installonlypkgs directive to /etc/dnf/dnf.conf, you should ensure that you list all of the packages that should be install-only, including any of those listed under the installonlypkgs section of dnf.conf(5). In particular, kernel packages should always be listed in installonlypkgs (as they are by default), and installonly_limit should always be set to a value greater than 2 so that a backup kernel is always available in case the default one fails to boot.

installonly_limit=value

…where value is an integer representing the maximum number of versions that can be installed simultaneously for any single package listed in the installonlypkgs directive.

The defaults for the installonlypkgs directive include several different kernel packages, so be aware that changing the value of installonly_limit will also affect the maximum number of installed versions of any single kernel package. The default value listed in /etc/dnf/dnf.conf is installonly_limit=3, and it is not recommended to decrease this value, particularly below 2.

keepcache=value

…​onde value é um dos:

0 — Para não reter o cache dos cabeçalhos e pacotes depois de uma instalação bem-sucedida. Isso é o padrão.

1 — Retain the cache after a successful installation.

For a complete list of available [main] options, refer to the [MAIN] OPTIONS section of the dnf.conf(5) manual page.

Setting [repository] Options

options] The [repository] sections, where repository is a unique repository ID such as my_personal_repo (spaces are not permitted), allow you to define individual DNF repositories.

The following is a bare-minimum example of the form a [repository] section takes:

[repository]
name=repository_name
baseurl=repository_url

Every [repository] section must contain the following directives:

name=repository_name

…where repository_name is a human-readable string describing the repository.

parameter=repository_url

…where parameter is one of the following: baseurl, metalink, or mirrorlist;

…where repository_url is a URL to a directory containing a repodata directory of a repository, a metalink file, or a mirror list file.

  • If the repository is available over HTTP, use: http://path/to/repo

  • If the repository is available over FTP, use: ftp://path/to/repo

  • If the repository is local to the machine, use: file:///path/to/local/repo

  • If a specific online repository requires basic HTTP authentication, you can specify your user name and password by prepending it to the URL as username:password@link. For example, if a repository on http://www.example.com/repo/ requires a username of "user" and a password of "password", then the baseurl link could be specified as http://user:password@www.example.com/repo/.

    Usually this URL is an HTTP link, such as:

    baseurl=http://path/to/repo/releases/$releasever/server/$basearch/os/

    Note that DNF always expands the $releasever, $arch, and $basearch variables in URLs. For more information about DNF variables, refer to Using DNF Variables.

To configure the default set of repositories, use the enabled option as follows:

enabled=value

…​onde value é um dos:

0 — Do not include this repository as a package source when performing updates and installs.

1 — Include this repository as a package source.

Turning repositories on and off can also be performed by passing either the --set-enabled repo_name or --set-disabled repo_name option to the dnf command, or through the Add/Remove Software window of the PackageKit utility.

Many more [repository] options exist. For a complete list, refer to the [repository] OPTIONS section of the dnf.conf(5) manual page.

Using DNF Variables

Variables can be used only in the appropriate sections of the DNF configuration files, namely the /etc/dnf/dnf.conf file and all .repo files in the /etc/yum.repos.d/ directory. Repository variables include:

$releasever

Refers to the release version of operating system which DNF derives from information available in RPMDB.

$arch

Refers to the system’s CPU architecture. Valid values for $arch include: i586, i686 and x86_64.

$basearch

Refers to the base architecture of the system. For example, i686 and i586 machines both have a base architecture of i386, and AMD64 and Intel64 machines have a base architecture of x86_64.

Viewing the Current Configuration

To list all configuration options and their corresponding values, and the repositories, execute the dnf config-manager command with the --dump option:

~]$ dnf config-manager --dump
============================= main ======================================
[main]
alwaysprompt = True
assumeno = False
assumeyes = False
bandwidth = 0
best = False
bugtracker_url = https://bugzilla.redhat.com/enter_bug.cgi?product=Fedora&component=dnf
cachedir = /var/cache/dnf/x86_64/22
[output truncated]

Adding, Enabling, and Disabling a DNF Repository

Setting [repository Options] describes various options you can use to define a DNF repository. This section explains how to add, enable, and disable a repository by using the dnf config-manager command.

Adding a DNF Repository

To define a new repository, you can either add a [repository] section to the /etc/dnf/dnf.conf file, or to a .repo file in the /etc/yum.repos.d/ directory. All files with the .repo file extension in this directory are read by DNF, and it is recommended to define your repositories here instead of in /etc/dnf/dnf.conf.

DNF repositories commonly provide their own .repo file. To add such a repository to your system and enable it, run the following command as root:

dnf config-manager --add-repo repository_url

…where repository_url is a link to the .repo file.

Exemplo 8. Adding example.repo

To add a repository located at http://www.example.com/example.repo, type the following at a shell prompt:

~]# dnf config-manager --add-repo http://www.example.com/example.repo
adding repo from: http://www.example.com/example.repo
Enabling a DNF Repository

To enable a particular repository or repositories, type the following at a shell prompt as root:

dnf config-manager --set-enabled repository

…where repository is the unique repository ID. To display the current configuration, add the --dump option.

Disabling a DNF Repository

To disable a DNF repository, run the following command as root:

dnf config-manager --set-disabled repository

…where repository is the unique repository ID. To display the current configuration, add the --dump option.

Recursos adicionais

.Documentação Instalada

  • dnf(8) — The DNF command reference manual page.

  • dnf.conf(8) — DNF Configuration Reference manual page.

Documentação online
http://dnf.readthedocs.org/en/latest/index.html

A wiki do DNF contém mais documentação.