Preparando para instalação

Este capítulo descreve as etapas que você precisa executar antes de iniciar a instalação. Nem todas as etapas devem ser seguidas rigorosamente ­— por exemplo, se você planeja usar as configurações de instalação padrão, não precisa coletar informações do sistema, como rótulos de dispositivos de disco/UUIDs ou informações de rede, como o endereço IP do sistema. No entanto, você ainda deve ler este capítulo, pois também descreve os tipos disponíveis de mídia de instalação e como preparar a mídia de inicialização e as fontes de instalação.

Atualização ou instalação?

Se você já tem o Fedora instalado e deseja atualizar sua instalação para a versão atual, há duas formas básicas de fazê-lo:

Atualização automática usando dnf system upgrade

A maneira preferida de atualizar seu sistema é uma atualização automática usando o utilitário dnf system upgrade. Para obter informações sobre como realizar uma atualização automática, consulte o dnf system upgrade no Fedora Wiki.

Reinstalação manual

Você pode atualizar para a versão mais recente do Fedora manualmente, em vez de confiar no dnf system upgrade. Isso envolve inicializar o instalador como se você estivesse executando uma instalação limpa, permitindo detectar o sistema Fedora existente e substituindo a partição raiz, preservando dados em outras partições e volumes. O mesmo processo também pode ser usado para reinstalar o sistema, se necessário. Para obter informações detalhadas, consulte Atualização ou reinstalação manual do sistema.

Sempre faça backup dos seus dados antes de executar uma atualização ou reinstalar o sistema, independentemente do método escolhido.

Preparando a mídia de inicialização

As imagens do Fedora são ISOs híbridas e podem ser usadas para criar mídia de instalação com discos ópticos e USB, para inicializar nos sistemas BIOS e UEFI.

Fedora Media Writer

O Fedora Media Writer foi melhorado significativamente e é agora a maneira oficial, testada e suportada para fazer mídias inicializáveis. O Fedora Media Writer suporta Linux, Mac e Windows. É uma maneira fácil de criar mídia USB inicializável para instalar o Fedora (ou outros sistemas operacionais). Usar o Fedora Media Writer é fortemente recomendado, apesar de outro software de criação de mídia USB possa funcionar também.

Algumas das novas adições ao Fedora Media Writer são que o Fedora Workstation e Server são fácil e rapidamente acessíveis a partir da seleção na janela principal. Mais opções estão disponíveis se você selecionar o botão abaixo de Imagem customizada. Essa opção oferece uma seleção de vários Spins do Fedora, como o Xfce ou Mate.

Historicamente, as ferramentas universais de criação de USB, como o Unetbootin, são uma maneira popular de criar instaladores USB a partir de ISOs destinadas para mídia óptica. Elas normalmente criam um sistema de arquivos na unidade USB extraindo arquivos de uma imagem e gravando o carregador de inicialização syslinux no dispositivo.

Estes métodos contornam a configuração do carregador de inicialização embutida nas imagens do Fedora, que são pré-particionadas e projetadas para inicializar em sistemas UEFI com SecureBoot habilitado, bem como em sistemas BIOS, e, portanto, não produzem resultados consistentes com imagens do Fedora, especialmente em sistemas UEFI.

Os melhores resultados são produzidos por utilitários que usam um método de escrita direta e não modificam a imagem do Fedora.

Sempre pense duas vezes antes de gavar uma imagem em um dispositivo. Os métodos de criação de mídia descritos nesse artigo são destrutivos. Todos os dados no pendrive USB são excluídos durante o processo, então tenha certeza que você tem um backup dos dados no dispositivo USB. Verifique duas vezes se você selecionou o dispositivo correto para gravar a imagem também!

Instalando e executando o Fedora Media Writer

No Fedora

No Fedora 25 ou superior, o Fedora Media Writer está disponível no repositório padrão. Você pode usar o dnf para instalar o pacote.

  1. Para instalar o Fedora Media Writer usando:

    $ sudo dnf install mediawriter
  2. Execute o Fedora Media Writer:

    $ mediawriter

    ou no Gnome 3 selecione Atividades e então clique no Fedora Media Writer.

Em outras distribuições Linux

A melhor maneira de instalar o Fedora Media Writer em várias distribuições Linux é usar o pacote Flatpak pré-montado. O pacote pode ser obtido a partir do repositório Flatpak oficial Flathub.org.

  1. Para configurar o Flatpak no seu sistema Linux, siga as instruções na página Documentação do Flatpak.

  2. Execute a aplicação:

    $ sudo mediawriter

No Windows

  1. Baixe o último arquivo Instalador do Windows a partir do GetFedora.org. O servidor detecta automaticamente o sistema atual e oferece a você o arquivo de instalação correto para sua versão do Windows.

  2. Execute a instalação clicando duas vezes no instalador, e continue pelo assistente de configuração. O Assistente permite que você personalize a instalação do software se você quiser.

  3. Execute a aplicação clicando em um iniciador.

    No Windows 8 e 10, o iniciador do Fedora Media Writer será colocado no meu Todos os aplicativos em F. No Windows 10, você pode digitar Fedora Media Writer na caixa de pesquisa na barra de tarefas.

No MacOS

  1. Baixe a mais recente imagem de disco do Macintosh (o pacote terá uma extensão .dmg) no GetFedora.org. O servidor detecta automaticamente o sistema em execução e oferece um pacote correto para o seu MacOS.

  2. Open the .dmg file, and press and hold the Ctrl key while clicking on the Fedora Media Writer application.

  3. Press "Open" in the pop-up menu.

  4. Click the "Open" button in the confirmation dialog, if it appears.

Gravando a imagem ISO em uma mídia USB.

  1. Selecione a Edição do Fedora para a qual você deseja criar uma unidade USB inicializável.

    Imagem da tela principal do Fedora Media Writer
    Figure 1. Tela principal do Fedora Media Writer: Escolha sua Edição do Fedora

    A seleção principal permite que você escolha uma das edições padrão do Fedora, Fedora Workstation ou Server. Fedora Media Writer exibe mais detalhes sobre a edição antes de você prosseguir com o download da imagem e a criação do USB. Você pode escolher uma arquitetura diferente, se selecionar Outras variantes.

  2. Selecione "Criar USB Live" para continuar.

    Imagem da tela de informações da distro do Fedora Media Writer
    Figure 2. Informações da distro no Fedora Media Writer

    O Fedora Media Writer baixará automaticamente o ISO para você. Se você tiver baixado o ISO antes e colocado no diretório Downloads, ele estará imediatamente disponível para uso.

    Imagem do download automático do Fedora Media Writer
    Figure 3. Download automático do Fedora Media Writer
  3. Conecte uma unidade USB na qual você deseja criar uma mídia inicializável.

  4. Para gravar a imagem na mídia, clique no botão vermelho Write to disk.

    Imagem do botão vermelho de escrita para dispositivo do Fedora Media Writer
    Figure 4. Escrita do Fedora Media Writer para um dispositivo USB

Outros métodos para criar um USB live

O uso do Fedora Media Writer é altamente recomendado para todos, porque oferece uma maneira confiável de criar um pendrive para instalação do Fedora.

No entanto, alguns usuários experientes podem preferir passar pelo processo de criação manualmente. Se você decidir fazer isso, deverá baixar as imagens de instalação e usar um aplicativo para gravá-las no dispositivo USB.

Se você baixou e verificou as imagens de instalação manualmente, você ainda pode gravá-las no dispositivo USB usando o Fedora Media Writer.

Downloading Boot and Installation Images

The Fedora Project offers different Editions tailored for some specific use cases. Choose the Fedora Edition best for you, or you can build your own by customizing after the installation, or by using a kickstart file as described in Creating a Kickstart File. Kickstart installation requires the netinstall media type, or a direct installation booting method such as PXE; kickstarts are not supported with live images.

Read more about Fedora Workstation, Fedora Cloud, Fedora Server and the available media types in Downloading Fedora.

You can also choose a Fedora Spin featuring favorite alternative desktops or tools for specialized tasks at https://spins.fedoraproject.org.

Verificando a imagem baixada

Because transmission errors or other problems may corrupt the Fedora image you have downloaded, it is important to verify the file’s integrity. After the images are created, an operation is performed on the file that produces a value called a checksum using a complex mathematical algorithm. The operation is sufficiently complex that any change to the original file will produce a different checksum.

By calculating the image’s checksum on your own computer and comparing it to the original checksum, you can verify the image has not been tampered with or corrupted. The original checksum values are provided at https://getfedora.org/security/, and are gpg signed to demonstrate their integrity.

Verificando checksums em sistemas Windows

  1. Download the Fedora image of your choice from https://fedoraproject.org/get-fedora and the corresponding checksum file from https://getfedora.org/security/

  2. Open a powershell session.

  3. Change to the directory containing the downloaded files.

    > cd $HOME\Downloads\
    > ls
    
    Diretório: C:\Usuários\Pete\Downloads
    
    Modo                LastWriteTime         Tamanho  Nome
    ----                -------------         ------  ----
    -a---        11/25/2014  12:39 PM            272  Fedora-Server-21-x86_64-CHECKSUM
    -a---        11/25/2014  12:39 PM     2047868928  Fedora-Server-DVD-x86_64-21.iso
  4. Load the resources required to calculate the checksum.

    > $image = "Fedora-Server-DVD-x86_64-21.iso"
    > $checksum_file = "Fedora-Server-21-x86_64-CHECKSUM"
    > $sha256 = New-Object -TypeName System.Security.Cryptography.sha256CryptoServiceProvider
    > $expected_checksum = ((Get-Content $checksum_file | Select-String -Pattern $image) -split " ")[0].ToLower()
  5. Calculate the downloaded image’s checksum. This will take a while!

    > $download_checksum = [System.BitConverter]::ToString($sha256.ComputeHash([System.IO.File]::ReadAllBytes("$PWD\$image"))).ToLower() -replace '-', ''
  6. Compare the calculated checksum to the expected checksum.

    > echo "Download Checksum: $download_checksum"
    > echo "Expected Checksum: $expected_checksum"
    > if ( $download_checksum -eq "$expected_checksum" ) {
    echo "Checksum test passed!"
    } else {
    echo "Checksum test failed."
    }

Verifying checksums on Linux and OSX systems

  1. Download the Fedora image of your choice from https://fedoraproject.org/get-fedora and the corresponding checksum file from https://getfedora.org/security/

  2. Open a terminal window, and navigate to the directory with the downloaded files.

    $ cd ~/Downloads
  3. Use the appropriate utility to verify the image checksum.

    • Para Linux:

      $ sha256sum -c *CHECKSUM
    • Para OSX:

      $ grep '^SHA256' *-CHECKSUM | awk -F '[()=]' '{ print $4 " " $2 }' | shasum -a 256 -c

Gravando as imagens em mídia USB

Criando mídia USB com o GNOME Discos

  1. On a system with GNOME, or with the gnome-disk-utility package installed, open Disks using the system menu.

  2. Click your USB device in the left column.

  3. Click the menu icon in the upper right corner of the window, and choose the Restore Disk Image option.

  4. Navigate to your image file and click Start Restoring. After a few minutes, it will report the process is complete and your installation media will be ready to use.

Creating USB Media on the Linux command line

  1. Open a terminal window and insert the usb drive.

  2. Find the device node assigned to the drive. In the example below, the drive is given sdd.

    $ dmesg|tail
    [288954.686557] usb 2-1.8: New USB device strings: Mfr=0, Product=1, SerialNumber=2
    [288954.686559] usb 2-1.8: Product: USB Storage
    [288954.686562] usb 2-1.8: SerialNumber: 000000009225
    [288954.712590] usb-storage 2-1.8:1.0: USB Mass Storage device detected
    [288954.712687] scsi host6: usb-storage 2-1.8:1.0
    [288954.712809] usbcore: registered new interface driver usb-storage
    [288954.716682] usbcore: registered new interface driver uas
    [288955.717140] scsi 6:0:0:0: Direct-Access     Generic  STORAGE DEVICE   9228 PQ: 0 ANSI: 0
    [288955.717745] sd 6:0:0:0: Attached scsi generic sg4 type 0
    [288961.876382] sd 6:0:0:0: sdd Attached SCSI removable disk
  3. Use o utilitário dd para gravar a imagem.

    # dd if=/path/to/Fedora-Live-Security-x86_64-21.iso of=/dev/sdd

    Pay extreme attention to the source (if=) and target (of=) device. The dd command destroys all data on the target device. If you made a mistake, you could lose important data.

Criando um CD ou DVD de inicialização

In addition to creating a bootable USB flash drive, you can also use the provided ISO images to create bootable optical media (a CD or DVD). This approach may be necessary when installing Fedora on an older system which can not boot from USB.

The exact steps you need to take to burn a bootable CD or DVD from an ISO image will vary depending on what disc burning software you use. This procedure only offers a general overview.

  1. Insira um CD ou DVD virgem no gravador de CD ou DVD do seu sistema.

  2. Open your system’s burning software - for example, Brasero on Fedora systems with GNOME desktop environment, or Nero on Windows systems. In the software’s main menu, find an option which lets you burn an ISO image to a disc. For example, in Brasero, this option is Burn image in the main menu on the left side of the window.

  3. When prompted, select the ISO image of Fedora to be burned, and the CD or DVD burner with a blank disc inside (if you have more than one drive).

  4. Confirme sua seleção e espere até que o disco seja gravado.