Primeiros passos

Silverblue foi projetado para ser fácil e direto de usar, e geralmente não é necessário conhecimento especializado. No entanto, o Silverblue é construído de forma diferente de outros sistemas operacionais e, portanto, há algumas coisas que é útil saber.

Silverblue tem opções diferentes para instalar software, em comparação com um Fedora Workstation padrão (ou outras distribuições Linux baseadas em pacotes). Essas incluem:

  • Aplicativos em Flatpak: esta é a maneira principal de os aplicativos (GUI) serem instalados no Silverblue.

  • Toolbox: Usado principalmente para aplicativos CLI; desenvolvimento, ferramentas de depuração etc.

  • Camada de pacote: a ferramenta rpm-ostree usada para atualizações de host é um sistema de imagem/pacote totalmente híbrido. Por padrão, o sistema opera em modo de imagem pura, mas a disposição de pacotes é útil para coisas como libvirt, drivers etc.

Para informações sobre Flatpak e camada de pacote, veja abaixo.

Consulte a página dedicada do toolbox para começar a usá-lo.

Flatpak

Flatpak é a principal forma de instalação de aplicativos no Silverblue. (Para informações, veja flatpak.org.) Flatpak funciona por padrão no Fedora Silverblue, e o Fedora oferece uma pequena (mas crescente) coleção de aplicativos que podem ser instalados.

A outra fonte principal de aplicativos Flatpak é o Flathub, que fornece um grande repositório de aplicativos Flatpak que podem ser instalados.

Configurando o Flathub

Para configurar o Flathub no Fedora Silverblue, abra a página de configuração do Flathub para Fedora e clique no botão “Flathub repository file” (em português seria algo como "arquivo de repositório do Flathub") para baixar a configuração do Flathub.

sfg flathub fedora
Figure 1. Página de configuração rápida do Fedora

Uma janela pop-up mostrará uma opção de download para o arquivo. A opção “Abrir com” deve mostrar “Instalação de programa (aplicativo padrão)”. Clique no botão “OK” para iniciar o download.

sfg flathub download
Figure 2. Opções de download do Flathub

Depois que o download for concluído, uma nova janela será aberta mostrando o repositório Flathub. Esta janela também mostra a localização de origem do repositório a ser instalado, no cabeçalho de detalhes (1). Para iniciar a instalação do repositório Flathub, clique no botão “Instalar” (2).

sfg flathub install
Figure 3. Janela de instalação do Flathub

Após a conclusão do processo de instalação do repositório, a janela será atualizada para mostrar um botão “Remover” no lugar do botão “Instalar”.

Instalando aplicativos Flatpak do Flathub

Assim que o repositório Flathub for configurado, ele pode ser usado para instalar aplicativos Flatpak. Isso pode ser feito diretamente do aplicativo Programas ou os aplicativos podem ser navegados no site do Flathub.

Se você optar por instalar aplicativos do site Flathub, clicar em "Instalar" fará o download de um arquivo que será aberto pelo aplicativo Programas, que poderá então ser usado para instalar o aplicativo. Por exemplo, para instalar LibreOffice, primeiro pesquise e abra a página do LibreOffice e, em seguida, pressione o botão “Instalar” (2).

Após clicar no botão “Instalar”, uma janela de informações de download será exibida. Verifique se o Flatpak correto foi baixado e clique no botão “OK” para iniciar a instalação do aplicativo LibreOffice.

sfg libreoffice install
Figure 4. Download do LibreOffice em Flatpak

Assim que o Flatpak for baixado, o aplicativo Programas abrirá uma nova janela com um botão “Instalar” (2). Clique neste botão para iniciar a instalação.

Linha de comando do Flatpak

Além de usar o aplicativo Programas para instalar aplicativos Flatpak, também é possível usar a interface de linha de comando flatpak. Consulte a documentação do Flatpak para saber como fazer isso.

Camada de pacote

Camada de pacote funciona modificando a instalação do Silverblue. Como o nome indica, ele funciona estendendo os pacotes dos quais o Silverblue é composto.

Bons exemplos de pacotes a serem dispostos em camadas seriam:

  • fish: Um shell Unix alternativo

  • sway: Um compositor Wayland lado a lado

  • libvirt: O daemon libvirt

A maioria dos pacotes RPM (mas não todos) fornecidos pelo Fedora podem ser instalados no Silverblue usando este método.

Atualmente, o uso da camada de pacote cria uma nova "implantação" ou raiz do sistema de arquivos inicializável. Isso não afeta sua raiz atual. Isso preserva a reversão e o modelo transacional, mas significa que o sistema deve ser reinicializado após um pacote ter sido colocado em camadas. Eventualmente, essa limitação pode ser eliminada, mas geralmente é esperado que você use camadas de pacotes com moderação e use flatpak e dnf install dentro de uma toolbox etc.

A disposição em camadas de pacote geralmente é feita a partir da linha de comando. No entanto, o aplicativo Programas depende disso para instalar um pequeno número de aplicativos que atualmente são difíceis de instalar como Flatpak.

Instalando pacotes

Pacotes podem ser instalados no Silverblue usando:

$ rpm-ostree install <nome do pacote>

Isso irá baixar o pacote e todas as dependências necessárias e recompor sua imagem Silverblue com eles. rpm-ostree usa nomes de pacote Fedora padrão, que podem ser pesquisados usando DNF (isso não está disponível em um host Silverblue, mas pode ser usado em um toolbox).

Assim que um pacote for instalado dessa maneira, ele será mantido atualizado conforme novas versões forem lançadas e o sistema operacional de base será atualizado.

Substituindo pacotes

Em alguns cenários, você pode querer testar uma nova versão do podman ou kernel ou outros pacotes que residem no host. O comando rpm-ostree override pode ser usado para substituir um pacote por uma versão diferente. Atualmente você deve baixar os pacotes RPM localmente e, em seguida, executar:

$ rpm-ostree override replace <caminho para o pacote>

Você também pode usar override remove para efetivamente "ocultar" os pacotes; eles ainda existirão na camada de base subjacente, mas não aparecerão na raiz inicializada.

Remover e substituir pacotes usando camadas de pacote geralmente não é recomendado. Para mais informações, consulte a documentação do rpm-ostree.