Atualizações & reversões

Instalar atualizações com o Silverblue é fácil e rápido (muito mais rápido do que outros sistemas operacionais). Ele também possui um recurso especial de reversão, caso algo dê errado.

Atualizando o Silverblue

As atualizações do sistema operacional no Silverblue são totalmente integradas ao ambiente; você será notificado automaticamente quando uma atualização estiver disponível. O comportamento padrão é baixar automaticamente a atualização (isso pode ser alterado nas preferências de atualização no Programas).

Assim que uma atualização estiver pronta, basta reiniciar para começar a usar a nova versão. Não há espera para que a atualização seja instalada durante a reinicialização.

Se preferir, também é possível atualizar usando a linha de comando. Para fazer isso, execute:

$ rpm-ostree upgrade

Isso irá verificar se há novas atualizações e fazer o download e instalá-las se estiverem disponíveis. Como alternativa, para verificar as atualizações disponíveis sem baixá-las, execute:

$ rpm-ostree upgrade --check

Atualizando entre as versões principais

A atualização entre as versões principais (como do Fedora 32 para o Fedora 33) pode ser concluída usando o aplicativo Programas. Alternativamente, o Silverblue pode ser atualizado entre as versões principais usando o comando ostree.

Primeiro, verifique se o ramo está disponível. Você pode imprimir todos os ramos disponíveis com este comando:

$ ostree remote refs fedora

Depois de verificar o nome de seu ramo, você está pronto para prosseguir. Por exemplo, para atualizar para Silverblue 33, o comando é:

Atualmente, o remoto padrão do Silverblue 33 é denominado fedora. Se este não for o caso do seu sistema, você pode descobrir o nome remoto emitindo: ostree remote list.
$ rpm-ostree rebase fedora:fedora/33/x86_64/silverblue

O processo é muito semelhante a uma atualização do sistema: o novo sistema operacional é baixado e instalado em segundo plano, e você apenas inicializa quando estiver pronto.

Revertendo

Silverblue mantém um registro da versão anterior do sistema operacional, à qual pode ser alternada em vez da versão mais recente. Embora isso geralmente não seja necessário, pode ser útil se houver um problema com uma atualização de programa ou de versão principal (reversões funcionam da mesma maneira para ambos), bem como para fins de desenvolvimento.

Existem duas maneiras de reverter para a versão anterior:

  1. Reversões temporárias: para reverter temporariamente para uma versão anterior, simplesmente reinicie e selecione a versão anterior no menu de inicialização (geralmente conhecido como menu grub).

  2. Reversões permanentes: para voltar permanentemente à implementação anterior, use o comando rpm-ostree rollback.

Depois de reverter, você estará tecnicamente em uma versão antiga do sistema operacional e pode ser solicitado a atualizar. A atualização desfará a reversão, portanto, deve ser evitada se você quiser que a reversão permaneça em vigor.