Documentation for a newer release is available. View Latest

Modularity

Módulos Obsoletos

O projeto Fedora 36 Modularity vem com um novo recurso de EOL-ing/obsoleting de fluxos modulares antigos.

O recurso obsoleto em si foi introduzido em libmodulemd-2.10.0, mas o suporte completo dentro do pipeline modular ficou disponível em F36.

Usando Módulos Obsoletos

  1. Adicione obsoletos no repositório module-defaults, branch f36. Use a convenção de nomenclatura <module-name>:<stream>.yaml para os arquivos de metadados obsoletos. Certifique-se de que os arquivos estejam armazenados no diretório obsoletes/.

    Siga o module obsoletes specification para o formato de dados obsoletos. A partir da versão F36, a especificação v1 estava disponível e com suporte no pipeline.

  2. Configure pungi para usar os obsoletos e crie uma composição modular usando pungi.

    O trecho de configuração pungi relevante:

        module_obsoletes_dir = {
            'scm': 'git',
            'repo': 'https://pagure.io/releng/fedora-module-defaults.git',
            'branch': 'f36',  # deve corresponder ao branch fedora-module-defaults
            'dir': 'obsoletes'
        }

    Siga pungi docs sobre como criar uma composição modular. Verifique o gathering phase of a modular compose e a referência de configuração correspondente.

  3. Os metadados obsoletos aparecerão no arquivo modules.yaml do repodata resultante.

    Quando os metadados obsoletos aparecem no repodata (arquivo modules.yaml), espera-se que o DNF lide com as informações relativas aos obsoletos e reaja de acordo.

Para o fluxo de trabalho genérico detalhado, siga os Fedora Modularity docs.

Há um bug conhecido no pungi que não permite tornar obsoletos vários fluxos do mesmo módulo. O problema é rastreado em pungi#1592 no Pagure.