Configurando os usuários

Usuário Default

Por default, um usuário privilegiado nomeado core é criado no sistema Fedora CoreOS, mas não é configurado com uma senha default ou uma chave SSH. Se você deseja utilizar o usuário core, você deve prover uma configuração ignition que inclui uma senha e/ou chave(s) SSH para o usuário core. Você também deveria criar usuários novos, adicionais via configurações Ignition.

Criando um novo usuário

Para criar um novo usuário (ou mais de um), adicione-o a lista users da sua configuração do Fedora CoreOS, no exemplo a seguir, a configuração cria dois novos nomes de usuários, mas não os configura para serem especialmente úteis.

variant: fcos
version: 1.1.0
passwd:
  users:
    - name: jlebon
    - name: miabbott

Você irá (tipicamente) querer configurar chaves SSH ou uma senha, para poder entrar como esses usuários.

Usando uma chave SSH

Para configurar uma chave SSH para um usuário local, você pode usar uma configuração do Fedora CoreOS:

variant: fcos
version: 1.1.0
passwd:
  users:
    - name: core
      ssh_authorized_keys:
        - ssh-rsa AAAAB3NzaC1yc2EAAAADAQABAAABAQDHn2eh...
    - name: jlebon
      ssh_authorized_keys:
        - ssh-rsa AAAAB3NzaC1yc2EAAAADAQABAAABgQDC5QFS...
        - sh-ed25519 AAAAC3NzaC1lZDI1NTE5AAAAIIveEaMRW...
    - name: miabbott
      ssh_authorized_keys:
        - ssh-rsa AAAAB3NzaC1yc2EAAAADAQABAAACAQDTey7R...

Localizações das chaves SSH

O sshd usa um programa auxiliar para ler as chaves públicas dos arquivos no diretório ~/.ssh/authorized_keys.d do usuário. Os arquivos de chave são lidos em ordem alfabética, ignorando os dotfiles. O arquivo padrão ~/.ssh/authorized_keys é lido depois, da maneira usual. Para depurar a leitura de ~/.ssh/authorized_keys.d, execute manualmente o programa auxiliar e inspecione sua saída:

/usr/libexec/ssh-key-dir

O Ignition grava as chaves SSH configuradas em ~/.ssh/authorized_keys.d/ignition. Em plataformas onde as chaves SSH podem ser configuradas no nível da plataforma, como AWS, Afterburn escreve essas chaves em ~/.ssh/authorized_keys.d/afterburn.

Usando autenticação por senha

O Fedora CoreOS não vem com senhas por padrão. Você pode usar uma configuração do Fedora CoreOS para escolher uma senha para um usuário local. Considerando o exemplo anterior, você pode configurar o password_hash para um ou mais usuários:

variant: fcos
version: 1.1.0
passwd:
  users:
    - name: core
      ssh_authorized_keys:
        - ssh-rsa AAAAB3NzaC1yc2EAAAADAQABAAABAQDHn2eh...
    - name: jlebon
      ssh_authorized_keys:
        - ssh-rsa AAAAB3NzaC1yc2EAAAADAQABAAABgQDC5QFS...
        - sh-ed25519 AAAAC3NzaC1lZDI1NTE5AAAAIIveEaMRW...
    - name: miabbott
      password_hash: $y$j9T$aUmgEDoFIDPhGxEe2FUjc/$C5A...
      ssh_authorized_keys:
        - ssh-rsa AAAAB3NzaC1yc2EAAAADAQABAAACAQDTey7R...

Para gerar um hash de senha seguro, utilize o comando mkpasswd:

$ mkpasswd --method=yescrypt
Password:
$y$j9T$A0Y3wwVOKP69S.1K/zYGN.$S596l11UGH3XjN...

O método de hash yescrypt é recomendado para novas senhas, para mais detalhes em métodos de hash, veja man 5 crypt.

A senha configurada será aceita para autenticação local no console. Por padrão, o Fedora CoreOS não permite password authentication via SSH.

Configurando grupos

O Fedora CoreOS vem com alguns grupos configurados por default: root, adm,wheel,sudo,systemd-journal,docker

Quando estiver configurando usuários via configurações do Fedora CoreOS, nós podemos especificar de quais grupos o(s) usuário(s) será parte.

variant: fcos
version: 1.1.0
passwd:
  users:
    - name: core
      ssh_authorized_keys:
        - ssh-rsa AAAAB3NzaC1yc2EAAAADAQABAAABAQDHn2eh...
    - name: jlebon
      groups:
        - wheel
      ssh_authorized_keys:
        - ssh-rsa AAAAB3NzaC1yc2EAAAADAQABAAABgQDC5QFS...
        - sh-ed25519 AAAAC3NzaC1lZDI1NTE5AAAAIIveEaMRW...
    - name: miabbott
      groups:
        - docker
        - wheel
      password_hash: $y$j9T$aUmgEDoFIDPhGxEe2FUjc/$C5A...
      ssh_authorized_keys:
        - ssh-rsa AAAAB3NzaC1yc2EAAAADAQABAAACAQDTey7R...

Se um grupo não existe, os usuários devem cria-los como parte da configuração do Fedora CoreOS.

variant: fcos
version: 1.1.0
passwd:
  groups:
    - name: engineering
    - name: marketing
      gid: 9000
  users:
    - name: core
      ssh_authorized_keys:
        - ssh-rsa AAAAB3NzaC1yc2EAAAADAQABAAABAQDHn2eh...
    - name: jlebon
      groups:
        - engineering
        - wheel
      ssh_authorized_keys:
        - ssh-rsa AAAAB3NzaC1yc2EAAAADAQABAAABgQDC5QFS...
        - sh-ed25519 AAAAC3NzaC1lZDI1NTE5AAAAIIveEaMRW...
    - name: miabbott
      groups:
        - docker
        - marketing
        - wheel
      password_hash: $y$j9T$aUmgEDoFIDPhGxEe2FUjc/$C5A...
      ssh_authorized_keys:
        - ssh-rsa AAAAB3NzaC1yc2EAAAADAQABAAACAQDTey7R...

Configurando privilégios administrativos

A maneira mais fácil para garantir privilégios admistrativos para usuários é adiciona-los aos grupos sudo e wheel como parte da configuração do Fedora CoreOS.

variant: fcos
version: 1.1.0
passwd:
  groups:
    - name: engineering
    - name: marketing
      gid: 9000
  users:
    - name: core
      ssh_authorized_keys:
        - ssh-rsa AAAAB3NzaC1yc2EAAAADAQABAAABAQDHn2eh...
    - name: jlebon
      groups:
        - engineering
        - wheel
        - sudo
      ssh_authorized_keys:
        - ssh-rsa AAAAB3NzaC1yc2EAAAADAQABAAABgQDC5QFS...
        - sh-ed25519 AAAAC3NzaC1lZDI1NTE5AAAAIIveEaMRW...
    - name: miabbott
      groups:
        - docker
        - marketing
        - wheel
        - sudo
      password_hash: $y$j9T$aUmgEDoFIDPhGxEe2FUjc/$C5A...
      ssh_authorized_keys:
        - ssh-rsa AAAAB3NzaC1yc2EAAAADAQABAAACAQDTey7R...

Habilitando autenticação SSH por senha

Para habilitar autenticação por senha via SSH, adicione o seguinte na sua configuração do Fedora CoreOS:

variant: fcos
version: 1.1.0
storage:
  files:
    - path: /etc/ssh/sshd_config.d/20-enable-passwords.conf
      mode: 0644
      contents:
        inline: |
          # Fedora CoreOS desabilita login SSH por senha por padrão
          # Habilite-o.
          # Este arquivo deve vir antes de 40-disable-passwords.conf.
          PasswordAuthentication yes