Plataformas

O Fedora CoreOS é provisionado por meio de imagens de disco pré-compiladas e configurado na primeira inicialização via Ignition. Cada plataforma pode exigir lógica e componentes específicos, portanto, imagens dedicadas são fornecidas para cada ambiente com suporte. Além disso, um ID de plataforma exclusivo está disponível no ambiente do host para introspecção em tempo de execução.

Introspecção de tempo de execução

Cada imagem do Fedora CoreOS inicializa com um identificador específico da plataforma, disponível na linha de comando do kernel. O nome do parâmetro é ignition.platform.id e a lista de plataformas suportadas está documentada aqui.

O ID da plataforma pode ser inspecionado no tempo de execução, da seguinte maneira:

Exemplo de CLI de introspecção de plataforma
$ grep -o ignition.platform.id='[[:alnum:]]*' /proc/cmdline

ignition.platform.id=aws

O ID de plataforma é usado por componentes do sistema operacional como o Ignition e Afterburn. Adicionalmente, pode ser usado em unidades do systemd via ConditionKernelCommandLine=.

IDs bem conhecidos

Aqui está uma lista de todas as plataformas suportadas e seus identificadores:

  • aliyun: Aliyun/Alibaba Cloud (plataforma de nuvem)

  • aws: Amazon Web Services (plataforma de nvem)

  • azure: Microsoft Azure (plataforma de nuvem)

  • digitalocean: DigitalOcean (plataforma de nuvem) - apenas como uma imagem personalizada

  • exoscale: Exoscale (plataforma de nuvem)

  • gcp: Google Cloud Platform (plataforma de nuvem)

  • ibmcloud: IBM Cloud, VPC Generation 2 (plataforma de nuvem)

  • metal: máquina física com inicialização por BIOS ou UEFI

  • openstack: OpenStack (plataforma de nuvem)

  • qemu: QEMU (hipervisor)

  • vmware: VMware ESXi (hipervisor) - apenas em hardware com versão 13 ou posterior

  • vultr: Vultr (plataforma de nuvem)